Calça jeans: a peça mais vendida da história surgiu como roupa de trabalho

invencao da calca jeans

A peça do vestuário mais democrática da história, dona de recorde de vendas na moda, a calça jeans, foi usada inicialmente como roupa de trabalho, ou seja, uniforme. Tudo começou em 1871 quando o alfaiate Jacob Davis ouviu a reclamação de uma mulher sobre a durabilidade das calças do marido, um minerador. Depois disso, Davis observou a rotina dos trabalhadores das minas. Daí ele desenvolveu uma calça com tecido resistente, com bolsos mais fundos para guardar as pepitas de ouro.

Usou também rebites de cobre para fortalecer os bolsos, além de reforço na parte das nádegas e joelhos para evitar que o atrito das pedras em que os mineradores se apoiavam estragasse a calça jeans.   

Davis não tinha dinheiro suficiente para patentear a peça. Assim, uniu-se a Levi Strauss que pegou o investimento e adquiriu parte dos direitos. Os dois se uniram em São Francisco para fazerem as calças jeans em maior escala. No mundo da moda, o nome de Strauss é, inclusive, mais lembrado do que de Davis, já que até hoje as calças Levis são produzidas. Inicialmente, a peça era usada pelo proletariado, mas os cowboys logo descobriram a peça e incorporaram ao vestuário.

Em 1928, depois de uma viagem ao Oeste Americano, uma jornalista voltou feliz com uma calça jeans e escreveu na Vogue:

“Vestindo a inacreditável calça jeans […] E um sorriso que não se encontra em lugar nenhum na ilha de Manhattan”. 

A Vogue também publicou em 1935 uma matéria que ensinava as mulheres a desgastarem o jeans. Em outras palavras, as mulheres conheceram a customização do jeans.  

A esta altura o jeans, que só era encontrado na Califórnia, tornou-se peça de desejo do Leste americano também, pois as estrelas do cinema, como Marlon Brandon e John Waine, usavam-nas. Foi assim que a calça jeans deixou de ser coisa de cowboy ou de trabalhadores e tornou-se de todo mundo. Na Segunda Guerra Mundial, os soldados americanos usavam a peça nos dias de folga, o que mostrava que a roupa também era de passeio.

Nos anos 70 grandes estilistas voltaram os olhos para a calça jeans. Coleções de Ralph Lauren, Oscar de la Renta, Geoffrey Beene e Calvin Klein tinham a peça como símbolo de status. Ao entrar nas passarelas, as calças jeans tornaram-se definitivamente cobiçadas.

O sucesso que elas fazem em todos esses anos dispensa comentários. Atualmente, a calça jeans vai a alguns ambientes profissionais às escolas e festas mais informais. É raro alguém que não tenha pelo menos uma calça jeans no guarda-roupa.

Calça jeans para uniforme

Como herança do inventor da calça jeans, a peça é usada até hoje em atividades que exigem mais esforço. Como no tempo de Davis, o jeans usado como uniforme para determinadas atividades é mais espesso e segue padrões específicos que colaboram, inclusive, para a segurança do trabalhador.

A W3 acompanha todas as normas e exigências de cada atividade, em caso de dúvida e para saber mais sobre o que o uniforme da sua empresa precisa ter, converse conosco.