NBR 15778: norma estabelece padrões para produção do uniforme escolar infantil

Convencer as crianças de usarem uniforme escolar nem sempre é fácil. Manter os uniformes de escola em bom estado exige trabalho dos pais, já que são usados diariamente. Por isso demandam muitas lavagens ou peças extras de uniforme. Existe ainda uma preocupação de garantir a segurança e conforto dos alunos. Por causa de todos esses públicos impactados pelo uso do uniforme escolar infantil  foi criada a  Norma Técnica do Uniforme Escolar – Requisitos de Desempenho e Segurança (NBR 15778).

A regulamentação é da Agência Nacional de Normas Técnicas(ABNT). Foi implementada em 2010 depois de um ano e meio de estudos, que incluiu consultoria do Instituto de Pesquisas Tecnológicas e solicitações da Associação Brasileira de Vestuário(Abravest).  

De acordo com os idealizadores do projeto, a ideia foi satisfazer todos os consumidores envolvidos na comercialização: os alunos, os pais e educadores.

E que o que pais, alunos e pedagogos esperam do uniforme escolar infantil?

Alunos

A garotada pede que os uniformes de escola contenham a tecnologia das roupas esportivas por causa do conforto proporcionado pelos materiais utilizados na confecção das roupas para atletas. Uniformes que se aproximam mais das peças esportivas também dão mais liberdade de movimento para a criançada que se movimenta bastante. Além disso, aliviam o calor por serem confeccionados com materiais que absorvem o suor.

Pais

Mães e pais desejam uniformes que sejam fáceis de cuidar e que durem mais. Principalmente os que têm mais de um filho na mesma escola, podem aproveitar as peças caso estejam bem conservadas, o que só é possível se forem usados bons tecidos, malhas e sejam confeccionados com cuidado. Secagem rápida e materiais que não amassem nem desbotem também colaboram para o dia a dia dos pais.

Educadores

A preocupação dos educadores têm a ver com uma demanda dos pais também: manter a segurança e bem-estar das crianças. Roupas com cadarços, capuz e alguns tipos de zíperes podem oferecer riscos para meninos e meninas mais novos, por isso devem ser evitados nos uniformes escolares.

Uniformes escolares confortáveis, seguros e na moda

A NBR 15778 estabeleceu parâmetros que atendem essas necessidades dos estudantes, pais e educadores. Assim, foram criadas regras para que sejam usados tecidos mais adequados às necessidades da garotada e que ao mesmo tempo tenham menor tendência ao encolhimento, sejam resistentes à lavagem, ao suor, estouro, entre outros problemas.

Também ficou estabelecido que deve haver proteção no zíper para evitar que a criança se machuque. Os cadarços em bermudas, calças e capuz devem ser evitados, já que a cordinha apresenta risco de acidentes, como enforcamento.

As cores também foram regulamentadas, foi criada uma cartela com 28 tons diferentes. O objetivo é que o uniforme esteja cada vez mais próximo das roupas do dia a dia, o que estimula o aluno a usá-lo e facilita a vida de mães, pais e das escolas.

A W3 Uniformes acompanha essas e todas as outras regulamentações do setor, preocupa-se em seguir todas as normas do mercado, além de investir no conforto, segurança, tecnologia, facilidade de manutenção e alinhamento dos uniformes com as tendências de moda.

Fale conosco sobre o uniforme para sua escola, empresa ou evento. Solicite uma reunião neste link!