Uniformes por setor X uniformes únicos: uma reflexão necessária »