Curiosidades e evolução dos uniformes da Seleção Brasileira

Quando o assunto é Seleção Brasileira logo pensamos em uma camisa amarela com detalhes verdes. No entanto, o verde e o amarelo nem sempre foram as cores da seleção. No primeiro jogo da Seleção, em 1914, o Brasil usou um uniforme totalmente branco, incluindo os calções. E o mais curioso, no II Sul-Americano de Futebol, os brasileiros usaram blusas vermelhas. Mas não foi por escolha, foi uma obrigação. Como Uruguai e Chile também usavam branco, houve um sorteio e o Brasil teve que se contentar com o uniforme vermelho.

Nem mesmo a primeira camisa usada em uma Copa do Mundo era verde e amarela. Em 1930, quando foi disputado o primeiro mundial, a roupa era branca com detalhes azuis. Adequada ao estilo da época, a camisa apresentava cordas na gola para o ajuste pessoal e conforto de cada jogador. Na época, o Brasil disputou só dois jogos e foi eliminado.

O primeiro modelo amarelo com detalhes verdes surgiu apenas em 1954, na Copa da Suíça. O resultado dos jogos desse ano não foram muito satisfatórios, mas logo em seguida nas copas de 58 e 62, o uniforme viria a se tornar sinônimo de o País com o futebol mais técnico e bonito do mundo.

De lá para cá, a Seleção Brasileira tem como segundo uniforme o azul com branco. O celeste também é marcante na trajetória da canarinho, já que o histórico tetra campeonato foi conquistado com a camisa azul.

Detalhes a parte, a maior evolução nos uniformes da Seleção foram as estrelas que ganhou em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002 simbolizando as Copas do Mundo que conquistou.

Conheça todos os uniformes da seleção, basta clicar aqui

W3 Esportes

Quer produzir a roupa oficial do seu time com quem entende e acompanha a evolução dos uniformes?  A W3 tem uma marca especializada em uniformes esportivos, a W3 Esportes. Marque uma reunião conosco!